V67A7772AP-tratada

André Puccinelli

HISTÓRIA

O médico André Puccinelli nasceu em Viareggio, nas proximidades de Parma, na Itália, em dia 2 de julho de 1948. É filho de Carlo Puccinelli e de Giuseppa Fiaschi Puccinelli, que mudaram-se para o Brasil em 1953, quando André ainda tinha menos de um ano de idade. A família morou inicialmente em Porto Alegre (RS) e, posteriormente, em Curitiba (PR). Em 1966, ingressou no curso de Medicina da Universidade Federal do Paraná, diplomando-se em 1971. No ano seguinte, fez residência médica no Hospital de Clínicas da capital paranaense. Em 1973 transferiu-se para Fátima do Sul (MS), então no antigo estado do Mato Grosso, e trabalhou no Hospital Nossa Senhora de Fátima.
Divisão do Estado

Divisão do Estado

Em outubro de 1977 foi sancionada a lei que dividiu em dois o estado de Mato Grosso. Nascia, assim, a partir de janeiro de 1979, o estado de Mato Grosso do Sul, tendo Campo Grande como capital. Naquele mesmo ano, Puccinelli filiava-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instalado no País em abril de 1964. Em 1981, passa a presidir o diretório do partido em Fátima do Sul, cargo no qual permaneceu até 1986.
1979
1982
Candidatura a Prefeito

Candidatura a Prefeito

Candidato a prefeito de Fátima do Sul o povo lhe deu a vitória com mais de dois mil votos sobre o segundo colocado. O regime militar, contudo, impediu a posse com o argumento de sublegenda.
Chegada em Campo Grande

Chegada em Campo Grande

André Puccinelli chega a Campo Grande, onde a convite do ex-governador Wilson Barbosa Martins (1983-1986), assume o cargo de secretário estadual da Saúde.
1983
1986
Eleito Deputado Estadual

Eleito Deputado Estadual

É eleito deputado estadual, o mais votado de Mato Grosso do Sul. A preocupação com as causas sociais fez dele o único deputado estadual a apresentar uma emenda popular na Assembleia Nacional Constituinte respaldado por 30 mil assinaturas, era o projeto Saúde Brasil. Saiu da presidência do PMDB e assumiu o cargo de secretário-geral do diretório regional do partido.
Cargos Importantes

Cargos Importantes

Filia-se ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e é reeleito deputado estadual. Inicia o segundo mandato em fevereiro de 1991. Durante esse ano foi membro da comissão especial para alocar recursos junto ao Ministério da Saúde, vice-presidente da comissão especial de divisão territorial e presidente da comissão especial de acompanhamento dos trabalhos junto à usina hidrelétrica Porto Primavera.
1990
1992
Filiação no MDB

Filiação no MDB

Sai do PSDB e retornou ao PMDB e, como integrante dessa legenda, foi titular das comissões de Finanças e Orçamento e de Desenvolvimento Econômico, vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente e presidente da Comissão de Saúde e Promoção Social. Ainda em 1992, assume o cargo de secretário executivo do diretório regional do PMDB.
Outros Cargos

Outros Cargos

Foi membro das comissões especiais de instituição do Código de Proteção ao Meio Ambiente e de representação do Comitê de Ação de Cidadania contra a Fome e a Miséria e pela Vida. Voltou a participar das comissões de Saúde e Promoção Social e de Finanças e Orçamento.

1993
1994
Deputado Federal Mais Votado

Deputado Federal Mais Votado

É eleito o deputado federal pelo Mato Grosso do Sul, na legenda do PMDB, como 65.091 votos. Empossado em fevereiro do ano seguinte, passa a integrar a Comissão de Agricultura e Política Rural na Câmara dos Deputados. Também integra as comissões de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos, de Saúde e de Meio Ambiente. Participa,também da comissão especial para acompanhar os trabalhos da usina hidrelétrica de Porto Primavera. Durante a votação das emendas constitucionais enviadas ao Congresso Nacional pelo Executivo federal, acompanhou a orientação da base parlamentar governista. Entre os muitos projetos que beneficiaram o povo brasileiro, foi relator, em 1996 da comissão especial responsável pelo exame do projeto de emenda constitucional que criava a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).
Enfim, Prefeito de Campo Grande

Enfim, Prefeito de Campo Grande

Chega à prefeitura de Campo Grande. Em um dos piores momentos de crise do País, conseguiu equilibrar as contas municipais, manteve os compromissos e iniciou o trabalho que revolucionou todos os setores da cidade. 

1996
1998
Na Prefeitura

Na Prefeitura

Comanda o projeto de renovação urbana de Campo Grande. Lidera a construção dos contornos viários da Capital. Entre as principais realizações estão: a retirada das famílias das áreas de fundo de vale, o desfavelamento, urbanização das áreas de córregos, construção dos contornos viários da cidade, construção de escolas, valorização profissional. Na gestão André, todos os indicadores sociais e econômicos de Campo Grande bateram recordes de desempenho.
Candidatura ao Governo

Candidatura ao Governo

É eleito governador de Mato Grosso do Sul pela legenda do PMDB com  726.806 votos.
2007
2008
Programa Vale Renda

Programa Vale Renda

Em setembro de 2008, lançou o programa Vale Renda, forma de remuneração mensal a famílias carentes no estado. Esse programa de assistência também foi implantado nas aldeias sob o título de Vale Renda Indígena, uma iniciativa de combate à fome nas comunidades indígenas. Para as aldeias localizadas perto das cidades, determinou a entrega do vale em dinheiro. Já para as localizadas no interior, ficou decidido que seriam distribuídas cestas básicas com a ajuda da Fundação Nacional de Saúde.
Durante sua gestão, ainda concedeu recursos para a reforma dos hospitais regionais de Coxim, Chapadão do Sul, Nova Andradina e Fátima do Sul. Também desenvolveu o programa Territórios da Cidadania, uma iniciativa do governo federal com o estado de Mato Grosso do Sul para promover melhorias nas regiões mais precárias. Para os jovens, implantou o Vale Universidade, destinado aos que não tinham condições financeiras para ingressar em um curso de nível superior. A partir deste programa, o universitário teria até 50% de bolsa e o direito de realizar estágio nos órgãos ligados ao governo estadual.
Reeleição ao Governo

Reeleição ao Governo

Em 2010, concorreu novamente às eleições tendo disputado aquele pleito com o candidato e ex-governador Zeca do PT. Recebeu mais de 700 mil votos e conquistou a reeleição ainda no primeiro turno, tendo renovado seu mandato de governador do Mato Grosso do Sul até 2014.

2010

Receba nossos conteúdos

CONTATO PARA IMPRENSA

assessoria@andrepuccinelli.com.br

André Puccinelli 2018. Todos os direitos reservados.
Livre reprodução, transmissão e redistribuição dos conteúdos sem edição e com crédito.